Confira quais empresas pagarão dividendos e JCP em abril e saiba quanto você pode receber

广告位火热招租中
O fim do exercício 2023 está chegando e muitas empresas já estão anunciando a distribuição de parte dos seus resultados aos acionistas na forma de dividendos ou juros sobre capital próprio (JCP). Para os investidores, informações sobre os valores, a data de pagamento e a data-base para definir quem tem direito aos proventos são essenciais. Abaixo estão algumas das empresas que anunciaram a distribuição de dividendos ou JCP e suas respectivas datas de pagamento:

Bradesco (BBDC3, BBDC4)

O Bradesco pagará no dia 1º de abril juros sobre capital próprio aos investidores com posição acionária em 1º de março de 2024. Será pago R$ 0,017249826 por ação ordinária (BBDC3) e R$ 0,018974809 por preferencial (BBDC4). Sobre o valor, será recolhido 15% de Imposto de Renda na fonte.

Itaú (ITUB3, ITUB4)

O Itaú pagará no dia 1º de abril R$ 0,01765 por ação (ITUB3, ITUB4) em juros sobre capital próprio aos acionistas inscritos na base em 29 de fevereiro. No dia 30, o banco pagará uma nova rodada de JCP aos acionistas em 18 de setembro de 2023. O valor bruto é de R$ 0,2693 por ação, com retenção de 15% de Imposto de Renda na fonte.

M. Dias Branco (MDIA3)

A M. Dias Branco distribuirá R$ 212 milhões em JCP, correspondendo a R$ 0,6303428825 por ação (MDIA3), valor que considera três antecipações trimestrais de R$ 0,05 e uma antecipação trimestral de R$ 0,06, além do valor residual de R$ 0,4203642956. O pagamento será feito em 1 de abril, aos acionistas na data-base de 26 de dezembro de 2023.

Fleury (FLRY3)

A Fleury distribuirá R$ 80,5 milhões aos investidores inclusos na base acionária de 19 de março. O montante equivale a R$ 0,14761361742 por ação (FLRY3) e será creditado em 1 de abril.

Unipar (UNIP3;UNIP6)

A Unipar Carbocloro pagará em 1 de abril dividendos aos acionistas com base em 19 de março. O valor por ação ordinária é de R$ 0,36369216730. Cada papel preferencial classe “A” será remunerado em R$ 0,40006138392 e o valor por ação preferencial classe “B” é de R$ 0,40006138392. A empresa também distribuirá dividendos adicionais no valor de R$ 0,98441306670 por ação ordinária. O valor por ação preferencial classe “A” é R$ 1,08285437337, e o valor por ação preferencial classe “B” é R$ 1,08285437337.

Lojas Renner (LREN3)

A Lojas Renner pagará juros sobre capital próprio no valor bruto de R$ 0,150290 por ação em 2 de abril. Terão direito aos proventos acionistas detentores de ações em 19 de março de 2024.

Iochpe-Maxion (MYPK3)

A Iochpe-Maxion pagará dividendos no valor bruto de R$ 0,874037 por ação ordinária em 2 de abril, considerando a base acionária da empresa em 11 de março.

B3 (B3SA3)

A B3 pagará R$ 0,07 por ação (B3SA3) em dividendos, com base na posição acionária de 27 de fevereiro, no dia 5 de abril. E R$ 0,05 em juros sobre capital próprio a acionistas em 26 de março.

Rede D'Or (RDOR3)

A Rede D’Or (RDOR3) pagará JCP no valor bruto de R$ 0,13303067754 por ação ordinária em 5 de abril. A distribuição tomará como base a posição acionária final do dia 26 de março.

JHSF Participações (JHSF3)

A JHSF Participações pagará R$ 0,0308052023 por ação (JHSF3), referente a dividendos intermediários. O crédito será feito em 9 de abril, com base na posição acionária de 28 de março.

Blau (BLAU3)

A Blau distribuirá juros sobre capital próprio no valor de R$ 0,12 por ação ordinária em 10 de abril. Acionistas na base da companhia em 22 de março receberão o pagamento.

Isa Cteep (TRPL3, TRPL4)

A Isa CTEEP (Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista) concluirá a distribuição de R$ 1,4 bilhão em JCP em 10 de abril. Será pago R$ 1,96 por ação (TRPL3, TRPL4) aos acionistas constantes da posição acionária da Companhia em 13 de dezembro de 2023.

Romi (ROMI3)

A Romi distribuirá R$ 10,6 milhões em JCP em 10 de abril, aos acionistas constantes na base em 28 de março. O montante equivale a R$ 0,12 por ação (ROMI3).

Comgás (GCAS3, CGAS5)

A Companhia de Gás de São Paulo (Comgás) distribuirá R$ 1,4 bilhão em dividendos em 11 de abril. O valor corresponde a R$ 10,928949905680 por ação ordinária (GCAS3) e R$ 12,021844896248 por ação preferencial (CGAS5). Terão direito os acionistas inscritos em 2 de abril.

Méliuz (CASH3)

O Méliuz pagará no dia 11 de abril o valor equivalente à redução de capital da empresa, na cifra de R$ 210 milhões. Serão pagos R$ 2,41496025096 por ação ordinária, com base na posição acionária de 1º de abril.

Vulcabras (VULC3)

A Vulcabras concluirá o pagamento de dividendos extraordinários referentes a 2022 em 17 de abril. Será pago R$ 0,50 por ação (VULC3) aos acionistas inscritos em 25 de janeiro. A primeira parcela, de R$ 1,00, foi paga em fevereiro.

Iguatemi (IGTI3;IGTI4;IGTI11)

No dia 18 de abril, o Iguatemi fará pagamentos relativos aos dividendos aprovados pela companhia. Serão distribuídos R$ 0,0239 por ação ordinária, R$ 0,0718 por ação preferencial e R$ 0,1676 por unit. Será considerada a base acionária de 23 de fevereiro.

Armac (ARML3)

Em 19 de abril, a Armac pagará R$ 24 milhões em JCP, equivalente a R$ 0,0694369916 por ação ordinária. A distribuição terá como base a composição acionária da companhia em 2 de abril.

Natura &CO (NTCO3)

No dia 19 de abril, a Natura &CO distribuirá R$ 980 milhões em dividendos. Terão direito ao valor de R$ 0,709217 por ação (NTCO3) os investidores que detinham a papel da empresa em 20 de março.

TIM Brasil (TIMS3)

A TIM distribuirá até o dia 23 de abril R$ 200 milhões a título de Juros sobre Capital Próprio (JCP), equivalente a R$ 0,082636124 bruto por ação (TIMS3). Haverá recolhimento de 15% do Imposto de Renda na Fonte. Terão direito ao crédito os investidores com posição acionária em 22 de março.

Cielo (CIEL3)

A Cielo distribuirá R$ 410 milhões aos acionistas inscritos em 15 de março no dia 30 de abril. O montante total equivale a R$ 0,15198153370 por ação (CIEL3).

Track&Field (TFCO4)

A Track&Field distribuirá R$ 6,24 milhões em JCP no dia 30 de abril. O valor bruto a ser pago por ação é de R$ 0,00401194735 para ações ordinárias e R$ 0,04011947350 para ações preferenciais. Terão direito ao JCP os acionistas que possuíam ações da Track&Field em 27 de março de 2024. É importante salientar que essas datas e valores estão sujeitos a mudanças, portanto, é fundamental acompanhar as divulgações das empresas para se manter atualizado sobre o pagamento de proventos.

Investir em empresas que pagam dividendos e JCP pode ser uma boa estratégia?

Com a taxa básica de juros (Selic) em patamares historicamente baixos, a busca por rendimentos mais atrativos tem despertado o interesse de muitos investidores em ações que pagam dividendos e/ou juros sobre capital próprio (JCP).

Qual a diferença entre dividendos e JCP?

Os dividendos são distribuídos pelas empresas como parte do lucro que não será reinvestido na companhia e, em geral, são pagos em datas determinadas anualmente pelos conselhos das empresas.

Já o JCP tem uma tributação diferente dos dividendos e considera o valor do lucro contábil da empresa, reduzido pela reserva legal, segundo a legislação tributária brasileira. Os valores pagos relativos ao JCP também são definidos pelos conselhos das empresas.

Ambas as formas de distribuição de proventos são interessantes para os investidores pois, em geral, indicam saúde financeira das empresas e comprometimento na geração de valor para os acionistas.

Quais os cuidados necessários ao investir em empresas que pagam proventos?

Antes de investir em empresas que pagam dividendos e JCP, é fundamental realizar uma análise profunda sobre a saúde financeira da companhia. É importante avaliar, por exemplo, se a empresa é lucrativa, se possui dívidas elevadas, se há perspectivas de crescimento no curto e médio prazo, entre outros fatores.

Outro ponto de atenção é a taxa de pagamento dos proventos. Empresas que distribuem uma grande parte do seu lucro aos acionistas podem ter menor capacidade de reinvestimento e, consequentemente, menor capacidade de crescer no longo prazo.

Por fim, é importante lembrar que a distribuição de proventos não é garantida e está sujeita a fatores internos e externos que podem impactar a saúde financeira da empresa e, consequentemente, a distribuição de dividendos e JCP. Por isso, é fundamental realizar uma análise criteriosa antes de tomar qualquer decisão de investimento.

A distribuição de dividendos e JCP é uma forma de as empresas valorizarem seus acionistas. Antes de escolher onde investir, é importante analisar a saúde financeira da empresa e a sua política de distribuição de proventos. Acompanhe sempre as divulgações das empresas para se manter atualizado sobre o pagamento de proventos. Se gostou desse conteúdo, deixe seu comentário e não se esqueça de nos seguir nas redes sociais!

Imagem ilustrativa sobre investimentos e pagamento de dividendos
Imagem ilustrativa sobre investimentos e pagamento de dividendos


Por /valor-investe


广告位火热招租中