Brasil será país com menor custo de operação do hidrogênio verde até 2030 Diretor da Petrobras apont

广告位火热招租中

O Brasil está se preparando para se tornar líder em custo de operação de hidrogênio verde até 2030, de acordo com as projeções do diretor de Transição Energética e Sustentabilidade da Petrobras, Mauricio Tolmasquim. Em um evento realizado em Houston, nos Estados Unidos, ele destacou o potencial do país nesse segmento.

Novas tecnologias para reduzir custos

Tolmasquim mencionou que a Petrobras está explorando novas tecnologias para tornar a produção de hidrogênio verde mais acessível, considerando que atualmente a empresa consome grandes volumes de hidrogênio cinza em suas operações. A transição para o hidrogênio verde é vista como uma oportunidade para a companhia, que poderá substituir gradualmente o tipo de hidrogênio utilizado em suas refinarias.

Expansão da oferta de gás

Além da aposta no hidrogênio verde, a Petrobras está focada na expansão da oferta de gás natural, com investimentos em projetos de infraestrutura como o Rota 3, BMC-33 e Sergipe Águas Profundas. Esses empreendimentos visam aumentar a disponibilidade desse recurso estratégico no mercado.

Desafios e oportunidades na América Latina

O debate realizado durante o evento contou com a participação de representantes de diversas empresas da América Latina, que discutiram os desafios e oportunidades relacionados ao desenvolvimento do potencial energético da região. O consenso foi de que a América Latina possui recursos energéticos significativos e deve focar em planejamento, infraestrutura e redução de custos para potencializar sua capacidade.

Energy
Imagem ilustrativa de energia

Green Technology
Imagem ilustrativa de tecnologia verde

No contexto latino-americano, o crescimento do mercado de energia renovável e tecnologias sustentáveis, como o hidrogênio verde, apresenta desafios e oportunidades para as empresas e governos da região, que buscam promover a transição para uma matriz energética mais limpa e eficiente, alinhada com as metas de sustentabilidade globais.

A discussão sobre o futuro energético da América Latina continua a evoluir, com foco em inovação, colaboração e investimentos sustentáveis para garantir um desenvolvimento energético equilibrado e sustentável para as próximas gerações.

Fique à vontade para compartilhar sua opinião nos comentários, seguir nossas redes sociais, dar seu like e agradecemos por nos acompanhar!


Por /


广告位火热招租中