Lula se opõe às privatizações do governo Bolsonaro e critica a venda de ativos da Petrobras (PETR4)

广告位火热招租中
O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), fez duras críticas às privatizações realizadas pelo governo Jair Bolsonaro e ao que ele chamou de "desmonte" do sistema produtivo da Petrobras. Durante a cerimônia de anúncio do início das obras de dragagem do Canal de São Lourenço, em Niterói (RJ), Lula destacou que o governo anterior não teve coragem de privatizar a Petrobras por passar pelo Congresso, então, começaram a vender ativos como a BR e uma empresa de gás para desmontar o sistema produtivo da Petrobras. Ele afirmou que o governo atual tenta recuperar a companhia e a indústria brasileira, como a naval. Lula lembrou que o pré-sal foi descoberto em 2007, resultado de investimentos em tecnologia, tornando a Petrobras “a empresa mais preparada para retirar petróleo em águas profundas”. A partir do pré-sal, começou-se a entender que a Petrobras poderia ser o futuro do país e sua juventude. Além disso, segundo o ex-presidente, em 2003, o governo estabeleceu a meta de que 70% dos navios brasileiros e componentes seriam de produção nacional. A ideia era gerar empregos e criar uma indústria de pequenas e médias empresas que pudesse criar conhecimento científico e tecnológico e os empregos que o Brasil precisava. E Lula reafirmou o compromisso de gerar empregos aqui por meio da recuperação da indústria naval. Segundo ele, se a gente alugar navio fora, não vamos gerar empregos aqui. A obra de desassoreamento do trecho da Baía de Guanabara, entre a Ilha da Conceição e a Ponte Rio-Niterói permitirá que a profundidade seja aumentada de 7 para 11 metros. A obra soma R$ 157 milhões em investimentos, sendo R$ 137 milhões provenientes da Prefeitura de Niterói e R$ 20 milhões da Companhia Docas do Rio de Janeiro. Segundo o prefeito de Niterói, Axel Grael, a obra deve permitir o aumento da função operacional dos estaleiros, o estímulo a novas construções de embarcações e a movimentação do setor de reparos e offshore. A seguir, confira uma lista com as notícias mais lidas do Valor Investe:

Primeira parcela do décimo terceiro do INSS começa a ser paga este mês; veja datas

Aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começam a receber em 25 de maio a antecipação da primeira parcela do 13º salário. O pagamento será realizado até 8 de junho.

Carteira Valor: Veja as ações mais indicadas para comprar em abril

A Carteira Valor é uma publicação mensal que reúne as recomendações de investimento de 18 corretoras. Em abril, a carteira alcançou valorização média de 3,03% contra 1,47% de alta do Ibovespa.

Mega-Sena 2707 sorteia prêmio estimado em R$ 10,5 milhões hoje

O sorteio da Mega-Sena 2707, que ocorre no dia 04 de maio, pode pagar prêmio de R$ 10,5 milhões aos acertadores das seis dezenas sorteadas.

Vale (VALE3) poderá ter bons resultados mesmo com queda do minério de ferro, diz Citi

De acordo com o Citigroup, os resultados da Vale (VALE3) no primeiro trimestre de 2021 podem superar as expectativas em função dos melhores preços do cobre e do níquel e o bom momento da mineração. E mesmo com a queda do minério de ferro, a companhia não será afetada.

Petrobras (PETR3;PETR4) avança quase 3% de olho no exterior e 'salva' Ibovespa

As ações da Petrobras (PETR3;PETR4) subiram 2,55% e 2,74%, respectivamente, impulsionando a alta do Ibovespa. A valorização ocorreu em meio à subida dos preços do petróleo no exterior.

No geral, apesar das críticas do ex-presidente Lula, a indústria naval de Niterói tem potencial para gerar empregos e contribuir para a recuperação da economia brasileira. Além disso, é importante acompanhar as notícias do mercado financeiro, como as ações mais indicadas para comprar e o desempenho das empresas na bolsa de valores.


Por /Victoria Netto


广告位火热招租中