As mulheres se unem para lutar contra o assédio virtual: a história da prisão de um suspeito no Rio

广告位火热招租中
A Polícia Civil do Rio de Janeiro prendeu um homem acusado de aplicar golpes financeiros em pelo menos 11 mulheres que conheceu em aplicativos de relacionamento. Caio Henrique Comossato, o acusado, já havia desviado mais de R$1,6 milhão das vítimas. Ele foi preso enquanto se encontrava com uma suposta vítima em um restaurante em Jacarepaguá, zona oeste da capital. No entanto, o encontro havia sido marcado por mulheres que já haviam sido extorquidas anteriormente e criaram um perfil fake para pegar o criminoso. O acusado fingia ser empresário, produtor musical e agropecuarista para impressionar as mulheres. Ele buscava se manter presente na vida das vítimas e até mesmo apresentava as mulheres para membros de sua família. Quando tinha a confiança das mulheres, pedia empréstimos de grandes quantias em dinheiro. Em conversas divulgadas pelo Fantástico, Comossato chegou a inventar uma história sobre problemas financeiros enfrentados após a morte do avô. Tayara Banharo é uma das vítimas do criminoso e emprestou cerca de R$1 mil para ele. Durante sua internação no hospital, ela ficou desconfiada ao ver o criminoso aparecer para visitá-la. Ela descobriu que havia caído em um golpe após ter acesso a reportagens sobre o homem e procurou outras pessoas que haviam passado pela mesma situação. Com a supervisão da polícia, elas criaram um perfil fake para conversar com Comossato e aguardaram a emissão do mandado de prisão para prendê-lo.

Como identificar golpistas em aplicativos de relacionamento?

O caso de Caio Henrique Comossato levanta a questão de como identificar golpistas em aplicativos de relacionamento. É comum que criminosos usem perfis falsos e histórias inventadas para enganar as vítimas. Uma dica importante é desconfiar de pessoas que pedem dinheiro ou informações pessoais antes mesmo de conhecer pessoalmente.

Como evitar cair em golpes em aplicativos de relacionamento?

Para evitar cair em golpes em aplicativos de relacionamento, é importante seguir algumas dicas básicas, como nunca enviar dinheiro ou informações pessoais para pessoas desconhecidas. Além disso, é importante buscar informações sobre a pessoa com quem você está falando antes de se encontrar pessoalmente. Verificar suas redes sociais e conversar com amigos em comum pode ajudar a confirmar sua identidade.

O que fazer se você cair em um golpe em aplicativos de relacionamento?

Se você for vítima de um golpe em aplicativos de relacionamento, é importante tomar algumas medidas imediatas. Em primeiro lugar, interromper qualquer contato com a pessoa que aplicou o golpe. Em seguida, registrar um boletim de ocorrência e informar a empresa responsável pelo aplicativo de relacionamento. Também é importante procurar aconselhamento jurídico para buscar possíveis indenizações pelos danos causados.

No caso de Comossato, a advogada de defesa contestou a prisão do acusado, alegando falta de justificativa para a segregação cautelar. Ainda assim, a Polícia Civil garante que a prisão foi fundamental para evitar que outras mulheres sejam vítimas do golpe do acusado.

Não é incomum que golpistas usem aplicativos de relacionamento para aplicar seus esquemas fraudulentos. Saber como identificar e evitar esses golpes pode ajudar a proteger as pessoas dessa prática criminosa, e, nesse caso específico, lembra mais uma vez da importância de ficar atento às pessoas que conhecemos pela internet.

Imagem 1: Polícia

Imagem 2: Golpe

Não se esqueça de comentar, seguir, curtir e agradecer por acompanhar o conteúdo.


Por /


广告位火热招租中