"Pedrinho foi sequestrado após nascer. Agora, ele é advogado de Robinho"

广告位火热招租中
No dia 21 de janeiro de 1986, um crime chocou o Brasil, o sequestro de Pedro Júnior Rosalino Braule Pinto, na maternidade do Hospital Santa Lúcia, em Brasília. O menino foi levado por Vilma Martins Costa e criado como filho dela e de Osvaldo Martins Borges, sendo batizado com o mesmo nome do pai ilegítimo, Osvaldo Martins Borges Júnior. Vilma teria simulado uma gravidez para convencer Osvaldo a se casar com ela. O caso só teve um desfecho em 2002, quando Pedro, com 16 anos, foi morar com seus pais legítimos, Jayro Tapajós e Maria Auxiliadora Rosalina Braule Pinto. Desde então, Pedro mudou seu nome para Pedro Júnior Rosalino Braule Pinto e se tornou advogado. Ele faz parte da equipe de defesa de Robinho, jogador condenado a nove anos de prisão por um estupro cometido na Itália, em 2013. Pedro, atuando na área criminal, também já teve como cliente o deputado federal Aécio Neves (PSDB-MG). Durante as investigações do sequestro de Pedro, a polícia também descobriu que Vilma havia sequestrado outra criança, em 1979, Aparecida Fernanda Ribeiro da Silva. Em 2003, Vilma foi condenada a 15 anos e nove meses de prisão. Ela passou 14 dias foragida até que foi encontrada atrás de um sofá na casa da filha de uma amiga, em Aparecida de Goiânia. Em 2008, ela foi colocada em liberdade condicional após cumprir um terço da pena. O caso de Pedro inspirou a novela "Senhora do Destino", exibida na Globo entre 2004 e 2005. Na trama, a atriz Renata Sorrah faz o papel de Nazaré Tedesco e sequestra a filha de Maria do Carmo, interpretada por Susana Vieira. Pedro Júnior Rosalino Braule Pinto segue trabalhando como advogado e preferiu não conceder entrevista sobre o caso em que atua como defensor de Robinho.

Como o sequestro de Pedro chocou o Brasil?

O sequestro de Pedro Júnior Rosalino Braule Pinto foi um dos casos mais chocantes ocorridos no Brasil. A impressionante notícia mobilizou a sociedade brasileira na época, criando uma das maiores campanhas de busca pela criança sequestrada até então. A consternação gerada fez com que o país ficasse atento ao desenrolar do caso.

Qual foi o desfecho do caso?

O desfecho do caso ocorreu no ano de 2002, quando Pedro, então com 16 anos, foi morar com seus pais legítimos. Desde então, ele mudou seu nome para Pedro Júnior Rosalino Braule Pinto e tornou-se advogado, trabalhando hoje na defesa de casos criminais.

Qual o envolvimento de Pedro Júnior no caso de Robinho?

Pedro Júnior Rosalino Braule Pinto faz parte da equipe de defesa de Robinho, jogador condenado a nove anos de prisão por estupro cometido na Itália, em 2013. Atuando na área criminal como advogado, ele preferiu não conceder entrevista sobre o caso em que atua.

Fonte: https://brasil.elpais.com/brasil/2019/12/12/politica/1576141665_045746.html

Brazilian Lawyer

Esse foi um dos casos de sequestro mais chocantes do Brasil, e a descoberta desse crime moveu a sociedade brasileira na época.

Ao longo dos anos, muitos outros casos de sequestro e desaparecimento de crianças têm acontecido, e o papel dos órgãos investigativos, bem como do próprio sistema judicial, vêm sendo cada vez mais importantes.

O papel de advogados como Pedro Júnior Rosalino Braule Pinto se torna significativo nesse contexto, pois eles são responsáveis por defender seus clientes e garantir a aplicação justa da legislação.

De qualquer forma, ainda há muito a ser feito para garantir a segurança das crianças e reduzir o número de casos de sequestro no país. E isso depende não apenas de um maior investimento em segurança pública, mas também de uma mudança cultural em relação ao respeito à vida humana e aos direitos das crianças.

Você conhecia esse caso de Pedro Júnior Rosalino Braule Pinto? Compartilhe sua opinião e deixe seu comentário abaixo! E não se esqueça de seguir nosso perfil para mais conteúdo como esse!

Agradecemos pela leitura e esperamos contar com sua interação.


Por /


广告位火热招租中