Carolina Maria de Jesus, 110 anos: Conheça o novo site de sua obra e sua inspiradora história

广告位火热招租中
Nesta quinta-feira, 14 de março, comemora-se o 110º aniversário de Carolina Maria de Jesus (1914-1977), autora de "Quarto de Despejo". Em homenagem a essa importante escritora mineira, o Instituto Moreira Salles (IMS) lançou um portal dedicado à sua vida e obra, que pode ser acessado aqui. O site está dividido em quatro seções: Biografia, Obras, Arquivo Vivo e Encontros, onde é possível encontrar uma ampla variedade de materiais, incluindo linha do tempo, fotografias, cartas, reportagens, reproduções de manuscritos e vídeos, além de uma lista de sua prolífica obra literária. O primeiro caderno do manuscrito "Um Brasil para os brasileiros" está disponível na íntegra, juntamente com todas as faixas do disco "Quarto de despejo", de 1960, onde Carolina canta suas próprias composições. ## Por que a vida e obra de Carolina Maria de Jesus são tão significativas? O projeto foi idealizado pela professora Fernanda Miranda, que anteriormente trabalhou na pesquisa dos manuscritos da autora para a exposição "Carolina Maria de Jesus, um Brasil para os brasileiros". A quarta seção do site é um espaço colaborativo, onde serão reunidas teses acadêmicas apresentadas em vídeo, depoimentos de autores relacionados a Carolina e trabalhos realizados em escolas. O portal continua em construção e sugestões do público podem ser enviadas para o e-mail site@carolina.ims.com.br. ## Quais são os principais aspectos da vida de Carolina Maria de Jesus? Carolina Maria de Jesus nasceu em Sacramento, Minas Gerais, e se destacou ao viver na favela do Canindé, em São Paulo, onde foi descoberta pelo jornalista Audálio Dantas. Catadora de papel, ela escrevia diariamente em seu diário, lançando em 1960 sua obra mais famosa, "Quarto de Despejo: Diário de Uma Favelada", que alcançou sucesso nacional e internacional, sendo traduzido para 16 países. ## Qual foi o impacto e legado deixado por Carolina Maria de Jesus? O livro permitiu a Carolina sair da favela e adquirir uma casa em Santana, São Paulo. Sua obra não se limitou apenas aos livros; ela também foi cantora, compositora e dramaturga. Sua escrita abordava questões sociais relevantes, como o direito à moradia e o racismo. Faleceu em 1977, aos 64 anos, mas sua vida e legado continuam sendo estudados e celebrados no Brasil. Ao explorar a vida e obra de Carolina Maria de Jesus, somos confrontados com uma história inspiradora e impactante, que nos convida a refletir sobre questões de injustiça social, valorização da cultura popular e importância da literatura na construção de identidades. Não deixe de explorar mais sobre essa grande figura da literatura brasileira e sua contribuição para um mundo mais justo e inclusivo. Lembre-se de deixar seus comentários, compartilhar este artigo, dar seu like e obrigado pela leitura!


Por /


广告位火热招租中